Mai
07
2021

Nota de apoio aos Profissionais da Educação do Município de Itaboraí

A Diretoria da Aduff expressa todo seu apoio aos profissionais da educação municipal de Itaboraí que realizaram uma greve pela vida, contra o retorno presencial das aulas, no pior momento da pandemia da covid-19 no país

NOTA DE APOIO AOS PROFISSIONAIS DA EDUCAÇÃO DO MUNICÍPIO DE ITABORAÍ

A Aduff expressa todo o seu apoio aos profissionais da educação municipal de Itaboraí que realizaram uma greve pela vida, contra o retorno presencial das aulas, e mesmo mantendo o trabalho remoto, tiveram seus salários cortados pela prefeitura comandada por Marcelo Delaroli (PL) e Lourival Casula (PT). 

Na ocasião em que a pandemia ultrapassa a nefasta marca de mais de 400 mil mortos no Brasil, com um sistema de saúde completamente colapsado, fruto de uma política de morte comandada pelo governo Bolsonaro e seus apoiadores, não é o momento para reabrir escolas! Além disso, há um cenário cruel de carestia, miséria e fome no país, fruto de uma política neoliberal onde os lucros importam mais do que as vidas. Cortar salário de servidores e reabrir escolas, sobretudo neste contexto, é colaborar com este projeto de morte do governo federal, que tantos dizem ser contrários.

Sendo assim, uma greve contra o retorno presencial é uma greve pela vida, pelo direito de viver! Uma greve, portanto, mais que legítima, necessária! 

Repudiamos veementemente a atitude da prefeitura de Itaboraí que não só fere o direito de greve dos servidores públicos, como se alinha às políticas genocidas de Bolsonaro e mostra que não está, de fato, ao lado dos trabalhadores e trabalhadoras. 

Esperaremos e cobraremos que estes profissionais tenham seus salários restituídos como lhes é devido.

Todo apoio aos profissionais da educação de Itaboraí!

Todo apoio aqueles e aquelas que lutam! Hoje e sempre!

Diretoria da Aduff - Biênio 2020-2022

Niterói, 6 de maio de 2021. 

Additional Info

  • compartilhar: